Quais os efeitos do estresse na sua vida pessoal e profissional?

Lidar com a rotina nem sempre é uma atividade fácil. Às vezes, parece que simplesmente não temos tempo para equilibrar o trabalho e a vida pessoal. A maior prejudicada nessa história é a nossa saúde, que sofre com os efeitos do estresse.

O estresse chega por meio de um conjunto de fatores. O fato é que o dinamismo do dia a dia tem afetado pessoas em todo o mundo e, por isso, é cada vez mais importantes encontrar formas de amenizar esse problema e evitar os seus efeitos.

Por isso, a seguir, vamos nos aprofundar no assunto, listando alguns dos principais efeitos do estresse e citando algumas formas para combatê-lo. Vamos lá?

Os efeitos do estresse na mente

Além do que se pode ver fisicamente, o estresse é um grande vilão da mente. Seus efeitos podem causar problemas psicológicos como perda de memória e capacidade de raciocínio. Isso acontece porque as células cerebrais são afetadas.

Ele faz com que o cortisol — o hormônio do estresse — leve uma parte da glicose para os músculos como resposta e deixa menos dessa fonte de energia para o cérebro.

Assim, quando precisamos nos concentrar ou agir de forma eficaz, nossa mente nos deixa na mão. O grande problema é a diminuição no acesso às memórias, o que desencadeia em uma linhagem de problemas paralelos no trato do cérebro.

Os efeitos do estresse no sistema imunológico

A capacidade de defesa do nosso organismo é essencial para a saúde. Todos os dias estamos expostos diante de invasores que querem entrar no nosso organismo, o que pode causar uma doença. Quando o sistema imunológico está defasado, um grande problema é criado.

Isso acontece porque o nosso corpo está enviando seus esforços no combate ao estresse, o que tira a prioridade no caso do combate a um invasor. Assim, doenças como resfriados, gripes, infecções e inflamações em geral se tornam propícias.

Os efeitos do estresse no coração

O estresse é capaz de afetar, até mesmo, um dos órgãos mais importantes do corpo humano. Está comprovado maior incidência de um ataque cardíaco em alguém com altos níveis de estresse. Por conta de uma maior frequência cardíaca, o intenso ritmo força as artérias, que podem não suportar.

A pressão arterial se eleva e também é um novo inimigo. Todos esses impactos danosos nos vasos sanguíneos são potencializados pela inflamação e, então, episódios como infartos e acidentes vasculares são mais prováveis do que em um indivíduo saudável.

Como combater o estresse

Podemos contar com inúmeras formas de controlar e evitar esse problema. Atitudes e atividades podem ser colocadas na rotina como forma de combatê-lo. Existem tratamentos com base em chás calmantes, por exemplo, que diminuem a ansiedade. Uma melhor alimentação deve ser praticada, além do descanso correto, dormindo pelo menos 8 horas por noite.

Mas um dos principais artifícios contra o estresse é a canalização dessa energia negativa em algo positivo. Isso se dá por meio de um hobby ou exercícios físicos. Podemos citar a natação e o mergulho como ótimas atividades nesse sentido. Mesmo caminhadas ou andar de bicicleta periodicamente diminui o nível de cortisol e faz bem.

Não deixe que os efeitos do estresse te abalem e combata isso agora mesmo. Para alertar seus amigos, por que não compartilhar este artigo agora mesmo nas suas redes sociais? Faça a diferença!

Deixe seu comentário!
The following two tabs change content below.
Avatar

Fabiano "Dushi" Silva

CEO e Sócio Fundador | MSDT - Master Scuba Diver Trainer at EVIDIVE - Escola de Mergulho